15/04/2019

REQUER OFICIAR AO SR. PREFEITO MUNICIPAL, SOLICITANDO INFORMAÇÕES SOBRE A INSTALAÇÃO DA EMPRESA CALL CENTER VICKSTAR EM NOSSO MUNICÍPIO, QUE GERARIA 1.000 (MIL) POSTOS DE TRABALHOS.


REQUERIMENTO Nº.                     /2019.


 


                 REQUEIRO à Mesa, nos termos do § 1°, do artigo 18 e inciso VII, do artigo 72 da Lei Orgânica do Município de Barretos, ouvido o douto Plenário e cumpridas as formalidades regimentais, seja oficiado ao Exmo. Sr. Prefeito Municipal, solicitando-lhe providências dos departamentos competentes, visando encaminhar as seguintes informações a esta Casa de Leis:


 


1.   A Administração Municipal entrou em contato novamente com a empresa de Call Center Vickstar, objetivando a instalação de uma unidade em nosso município, garantindo 1.000 (mil) postos de trabalhos?


 


2.   Em caso positivo, foi realizada a renovação de contratos da empresa Vickstar com as empresas de telefonia, tendo em vista que em resposta ao requerimento nº 1417/2018 de autoria deste Edil, o Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, André Luís Peroni Ângelo, informou que a empresa Vickstar estava aguardando a renovação dos contratos com as empresas de telefonia e estas estavam aguardando a transição política do País?


 


3.   Em caso negativo, por quais motivos não houve nova negociação com a empresa Vickstar, tendo em vista que a transição política para novo Governo já ocorreu, fazendo com que todo o empenho dessa Casa na tramitação em regime de urgência do Projeto de Lei Complementar nº 054, de 12 de dezembro de 2017 que originou a Lei Complementar nº 355, de 21 de dezembro de 2017, que autoriza o poder executivo a responsabilizar-se pelo pagamento de contrato de locação de imóvel para empresas novas e para empresas que se transferirem de outros municípios para o município de Barretos com a geração mínima de 1.000 (mil) vagas de emprego em nossa cidade se tornasse improfícuo?


 


                   Justifico que a Lei Complementar nº 355, de 21 de dezembro de 2017, que autoriza o poder executivo a responsabilizar-se pelo pagamento de contrato de locação de imóvel para empresas novas e para empresas que se transferirem de outros municípios para o município de Barretos com a geração mínima de 1.000 (mil) vagas de emprego, foi aprovada em sessão extraordinária ocorrida em 18 de dezembro de 2017, tendo em vista que a matéria tramitou em regime de urgência, pois, na mensagem encaminhadora, o Executivo justificou que medida semelhante já havia sido apresentada em outros municípios, como o Município de Votuporanga, razão pela qual o Município de Barretos não poderia deixar de implementar ideias cujo resultado pode ser extremamente significativo no seguimento emprego. Inclusive, o Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, André Luís Peroni Ângelo, disse à época, em mídia local, que a aprovação seria o primeiro passo para implantar empresa de Call Center Vickstar que já era realidade na geração de emprego em Votuporanga.


 


                   Dessa feita, todos os Edis desta Casa, imbuídos com a ideia de que tal empresa de Call Center tinha interesse certo em instalar uma unidade em Barretos, caso os benefícios constantes na Lei Complementar fosse uma realidade, aprovaram o projeto sem qualquer óbice, pois, vislumbraram a abertura de novas 1.000 (mil) vagas de empregos, beneficiando nossa população e contribuindo para o crescimento econômico da cidade.


 


Justifico, ainda, que em resposta ao requerimento nº 1417/2018 de autoria deste Edil, o Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, André Luís Peroni Ângelo, informou que esteve juntamente com Prefeito Guilherme Ávila em São Paulo no dia 19 de setembro de 2018 para reunião com o proprietário e o novo CEO da empresa de Call Center Vickstar, na ocasião reforçou a intenção de instalar uma unidade em Barretos e que todas as condições, que são a Lei de incentivo aprovada e os investidores habilitados para realização. A resposta foi que a empresa Vickstar estava aguardando a renovação de contratos com as empresas de telefonia e estas estavam aguardando a transição política do País. Não havendo desistência da empresa em se instalar em Barretos, pelo contrário houve o compromisso de que a próxima cidade a receber um site, no caso de expansão da empresa, seria Barretos.


 


                   Passado mais de um ano desde a aprovação da Lei Complementar em tela, esse Edil solicita as informações supracitadas, pois, a vinda de tal empresa foi considerada, naquele momento, um importante incremento na geração de emprego e de renda para os nossos cidadãos.


 


                   Sala das Sessões Vereador Ruy Menezes, aos 12 de abril de 2019.